Olhar Cigano

Adoro perambular sem destino com minha máquina fotográfica pela cidade.

Caminhando vou imaginando o que está por vir, e sempre me surpreendo com o que acontece na virada de cada esquina: a poesia do cotidiano cheia de mistérios e casualidades. Olhar cigano é o resultado de esse vaguear. Uma colcha de retalhos composta de imagens coletadas em diferentes lugares, em diferentes épocas do ano e que têm em comum esse olhar descomprometido

Uma versão de Olhar Cigano já foi exposta no Instituto Cultural Oi Futuro em 2006 no Flamengo - RJ